12 de fevereiro de 2020

 Leiria situa-se na região centro na província da Beira Litoral  no centro de Portugal                                                Castelo de Leiria 

O Castelo de Leiria foi Palácio Real onde habitaram os Reis Dom Afonso Henriques, Dom Dinis, Dom João III e a Rainha Santa Isabel a quem foi atribuída a lenda do milagre das Rosas. As ruínas da Colegiada e passos reais outrora ocupado pelos edifícios da Colegiada dos Cónegos e Clérigos da ordem de Santa Cruz de Leiria, nela existia sala de audiências, dormitórios, cozinha, cantina e pátio privado. No interior do Palácio Medieval podemos ver um   amplo salão com três arcos góticos, o salão nobre ou das audiências que abre para uma esplêndida galeria arcaria em estilo gótico mediterrânea. O Altar Mor e arco Manuelino da Igreja de Santa Maria da Pena em estilo gótico mandado construir pelo Rei Dom João I no século XIV foi profundamente reformada e adaptada a capela Palaciana. Entre os anos de 1135 e 1140 foi Igreja Matriz de Leiria administrada pelos cónegos de Santa Cruz de Coimbra.         

Conjunto arquitetónico Militar mandado construir pelo Rei Dom Dinis esta Torre serviu de prisão no século XIV, e foi restaurada nos finais do século XX. A exposição ali existente permite entender como foi a sua principal função como edifício Militar. As replicas ali expostas das armas mais usadas na idade media e por achados arqueológicos. As replicas de um Facho de bicos, lanças, chicote de língua, um virote de besta equipado com arco, uma vitrina com achados de cerâmica avermelhada e fragmentos de ossos e dentes de animais. Castelo de Leiria de Horário: de Segunda a Sexta das 9h ás 18h Sábados e Domingos das 10h ás 18,30h. Se visitar quatro Museus custa 4€.                              Torre de Menagem 

 Museu Moinho do papel localizado na  margem esquerda do rio Lis entre a ponte dos Caniços onde antigamente se situavam mais moinhos, lagares e pisões onde se pisava o burel. Remonta ao ano de 1411 é um dos mais antigos moinhos de papel movidos por água da Península Ibérica. Aqui se fabricou o primeiro papel em Portugal com a matéria prima de trapo. Associada a esta nova industria abre uma tipografia que imprime o primeiro livro cientifico em Portugal. Em 1834 o moinho é entregue a um particular e começou a ser usado para moagem de cereais. No século XX é utilizado como lagar de azeite sendo abandonado anos mais tarde. Em 1999 foi adquirido pelo Município e com o programa Polis o moinho foi alvo de um projeto de reabilitação da autoria do arquiteto Álvaro Sisa Vieira sendo transformado num centro Museológico. No exterior podemos usufruir do contacto com o rio e as maravilhosas quedas de água. Museu do papel a visita e feita com áudio Horário: Segunda a Sexta das 9,30h ás 12h e das 14,30h ás 17h. Museu do papel  maquina de impressão manual e cavalete tipográfico.

Mimo Museu da Imagem em Movimento. Este Museu esta dentro das muralhas do castelo, onde ocupa as antigas cavalariças fica junto da igreja de São Pedro. Foi premiado em 2011 pela associação nacional de museologia com uma menção honrosa na categoria de melhor Museu Português. O Mimo é um Museu de arte, ciência e técnica tem varias exposições promovendo regularmente atividades lúdicas e criativas sobre cinema e fotografia. Integra no seu espolio coleções de objetos que dão a conhecer a evolução da cinematografia. Conduzindo os visitantes numa magnifica viagem pelos limites da imagem, num olhar de luz, cor, ritmo, arte, ilusão e realidade. Museu da Imagem em Movimento Horário: 9,30h ás 17,30h.                                                                         Mimo Museu da Imagem

Se quiserem viajar de comboio para Leiria aqui tem toda a informação clique em :ComboioSe quiserem viajar de autocarro para Leiria aqui tem toda a informação é só por a cidade de partida e a de chegada: Autocarro. Os Auto caravanistas podem estacionar no parque do estádio. Coordenadas: N 39º 44´916´´ W 8º 48´762´´.  

         

: . 
               .                         


                                                                          















4 comentários:

  1. Leiria a minha cidade de acolhimento
    gostei das fotos bastante completas

    ResponderEliminar
  2. Só é pena não ter uma ASA embora tenha muito espaço para estacionar sem problemas só se tem que ter atenção aos dias de segunda para terça e sesta para sábado dias de mercado .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ola Unknown tem toda a razão já podiam ter feito uma área de serviço não é por falta de espaço, deviam seguir o exemplo da Batalha que estão a fazer uma área nova. Um bem aja.

      Eliminar
    2. Ola Unknown tem toda a razão já podiam ter feito uma área de serviço não é por falta de espaço, deviam seguir o exemplo da Batalha que estão a fazer uma área nova. Um bem aja.

      Eliminar