30 de julho de 2022

Bragança situa-se no Nordeste Trasmontano. O seu Castelo é um dos mais bem preservados e importantes de Portugal mandado construir por D. João I em 1409 de arquitetura medieval. Em 1910 foi classificado Monumento Nacional. 
Depois de bem instalados na área de serviço grátis para as autocaravanas com 25 lugares sem limite de estadia a 1km do centro na Rua São Sebastião coordenadas            N 41º48´14´´ W 6º44´45´´ 
Seguimos  com a família a descoberta do castelo que fica no centro histórico entrada livre nas muralhas onde podemos caminhar sobre as muralhas que estão muito bem preservadas donde temos uma vista deslumbrante para as montanhas circundantes. No recinto encontra-se a Torre de Menagem, a Igreja de Santa Maria, restaurantes e cafés onde almoçamos no restaurante Javali consumimos onde somos bem recebidos. 

   A visita a Torre de Menagem é magnifica nas temos que subir e descer varias escadas um pouco ingremes aqui esta instalado o Museu Militar 

 onde podemos admirar um pouco da nossa história vendo varias armas, espadas, armaduras e quadros ilustrativos de várias épocas. O recinto interior é amplo e pode ser visitado na sua totalidade. Horário Segunda Feira está fechado, de Terça Feira a Domingo das 9h ás 12h e das 14h ás 17h. Preço 3€ com mais de 65 anos 1€ crianças até aos 12 anos é grátis. A visita não é acessível a pessoas com mobilidade reduzida. 

 A Igreja de Santa Maria de estilo Românico é a mais antiga igreja de Bragança o seu interior e excelente com muitos detalhes. 

O seu portal e composto por duas colunas de pedra decoradas com folhas de vides e cachos de uvas. Igreja formada por três naves capela mor, capela dos Figueiredos e o retábulo de Santo Estevão. O seu altar é em talha dourada. Não deixe de aprecias o seu maravilhoso teto adornado com afrescos. 

O Domus Municipalis encontra-se junto da igreja de Santa Maria é o único exemplar na península Ibérica de arquitetura Românica Civil em forma de um pentágono. Local muito bem preservado que conta muito da evolução da história da cidade. O Domus em 1910 foi classificado Monumento Nacional. No seu interior existe uma cisterna onde era armazenada a água que vinha das nascentes para abastecer a cidade. O piso superior é constituído por um salão onde se reunião os homens que administravam o território.

Entrada grátis, horário encerrado ás segundas feiras de terça feira a domingo 9h ás 17h. 

Para ver a reportagem fotográfica da visita a Bragança. Clique aqui

Depois da visita a Bragança fomos visitar Zamora e estacionamos na área de serviço Coordenadas. N 41º30´13´´ W 5º45´22´´   clique no link para saber o que visitar em Zamora



 
  

Sem comentários:

Enviar um comentário