10 de novembro de 2017

Pisa situa-se na região da Toscana a cidade é banhada pelo rio Arno. Galileu Galilei e Leonardo  Fibonacci nasceram em Pisa.       

 Depois de passar-mos por vários Países da Europa. Chegamos a Pisa vindos de Florença e estaciona-mos as autocaravanas junto a uma escola, como era tempo de férias havia muitos lugares sem pagar no final deixo as coordenadas e fomos a pé em 10 minutos estávamos na  Piazza Del Miracoli na zona Histórica da cidade chamada de Praça dos Milagres e assim começou a nossa visita pelo recinto todo muralhado que protege todo o recinto religioso que esta relvado parecendo um prado verdejante os guardas não deixam pisar a relva A entrada no centro histórico e na Catedral é grátis, podendo tirar fotos a todos os monumentos. Todo este complexo foi considerado desde 1987 Património da Humanidade pela Unesco. Aqui estão os monumentos mais importantes de Pisa como a Catedral de Santa Maria o Bastitério di San Giovanni o Campo-santo um antigo cemitério e a famosa Torre de Pisa é um campanário servindo de torre sineira um dos monumentos mais emblemáticos de Itália.                                             

A sua construção em mármore branco iniciou-se em 1174 em estilo Românico e demorou quase 200 anos a ser construída. A causa da sua inclinação foi o sedimento do solo que não suporta grandes pesos. Com a constante inclinação durante todos estes anos a torre teve varias intervenções para evitar a sua queda medindo 55 metros de altura, para chegar-mos ao seu topo temos que subir 300 degraus em espiral. Só podem subir 30 pessoas de cada vez. Não é permitida a entrada a menores de 8 anos e até aos 18 anos só acompanhados de um adulto, é proibido transportar quaisquer saco deixe-os no depositário de bagagem que fica na Piazza del Duomo 21 a apenas 80 metros da torre. Na entrada da torre tem controle de segurança com detetor de metais. 


                                                     (Catedral de Santa Maria) 

É a sede da Arquidiocese de Pisa, para a sua visita é recomendado usar vestuário apropriado. A sua fachada e muito bela em mármore cinza e branco a sua porta principal é de bronze com inúmeras imagens em relevo, mas há uma que se destaca a de um pequeno lagarto reza a historia quem passar a mão nele vai dar-lhe sorte. O seu interior é composto por 68 colunas e ricamente decorada com mármore branco e preto o teto é todo talhado em ouro e tem o brasão da família Medici o bonito púlpito está apoiado por estátuas que simbolizam as virtudes e painéis em relevo representando cenas bíblicas entrada grátis só tem que pedir o bilhete na bilheteira local que fica junto do campo santo.                                         (Batistério de San Giovanni ) 

 Defronte a Catedral encontra-se o Batistério de San Giovanni construído entre os séculos XIII e XIV em estilos Românicos e góticos em forma circular e com muitos detalhes arquitetónicos no seu exterior, a sua cúpula destinge-se pelo seu telhado vermelho, sendo o maior Batistério da Itália com 107 metros de perímetro, o seu interior tem uma acústica incrível durante a visita de meia em meia hora os funcionários fazem alguns sons vocais para permitir que todos possam ouvir os sons fantásticos que ecoam, podemos admirar a fonte batismal construída em 1246 com quatro fontes pequenas e a estátua de São João Baptista, era aqui que a burguesia batizavam os seus filhos. O púlpito de Nicola Pisana tem 8 colunas de mármore com estátuas de leões nas suas bases e composta por diversas imagens esculpidas no mármore. As entrada podem ser combinadas com outros monumentos. Preço. A entrada e grátis para pessoas com cartão de deficiente. O cemitério campo santo vechio a sua construção de estilo Gótico foi construído sobre as ruínas do antigo Batistério da igreja de Santa Reparata atualmente é o museu arqueológico. 

ao ar livre, a fachada principal do cemitério é formada por 43 arcos cegos com duas portas, uma delas ornamentada com a imagem da Virgem Maria com o menino rodeados por quatro santos. Nele existem 3 capelas Capela Ammannati, Capela Aulla e Capela dal Ozzo. Este local abriga vários sarcófagos romanos, e túmulos que estavam em redor da Catedral. Conta a lenda que a terra deste cemitério foi trazida do Monte Calvário na Palestina e que tinha a virtude de decompor os corpos em poucos dias. Durante o século XIV as paredes foram embelezadas com frescos maravilhosos. Mas durante a segunda guerra mundial houve um grande incêndio que destruiu grande parte do local e dos seus frescos, ainda hoje continuam com a sua restauração. Atualmente só pessoas importantes da cidade podem ser sepultadas neste cemitério. (Horário: Inverno 9 horas ás 16,30 horas Primavera 9 horas ás 17,30 horas Verão 8 horas ás 19,30 horas)
O famoso mural Tutto mondo passa despercebido a muitos turistas localiza-se em uma parede lateral da igreja de San António, na Piazza Vittorio Emanuel II ao lado da estação dos comboios e foi pintado pelo artista Americano Keith Haning no século XX visita grátis.

Estacionamento misto junto a uma escola grátis para as autocaravana                     GPS: N 43.72771º E 10.39572º Via Orazio Gentileschi a 5 minutos a pé do centro histórico. 
Se prefere um parque de campismo para a sua visita a Pisa clique Aqui 

                                            

Sem comentários:

Enviar um comentário